Mostrando postagens com marcador CASOS COMPROVADOS. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CASOS COMPROVADOS. Mostrar todas as postagens

Uma Guerra Real Contra os Ovnis ! (Arq)

Uma Guerra Real Contra os Ovnis
Esta matéria está categorizada como Cultura, apesar de referir-se a uma histórica batalha travada em Los Angeles durante a 2ª Guerra Mundial e que teve seis mortos — três por estilhaços e três por ataque cardíaco. A razão para tal classificação é sua estranheza; afinal, nenhum dos inimigos foi visto pessoal ou fisicamente e nem foi atingido. Hoje, passados exatos 70 anos, emerge a face cômica ou paranóica do episódio. O episódio: a Batalha de Los Angeles foi um incidente ocorrido na noite de 24 para 25 de fevereiro de 1942 quando forças militares dos Estados Unidos abriram fogo contra objetos voadores. Não se sabia o que eram. Os EUA estavam em guerra, temerosos de um ataque japonês à costa oeste e a paranoia grassava.
E era compreensível. O ataque de surpresa à base naval de Pearl Harbor, no Havaí, ocorrera há menos de três meses, em 7 de dezembro de 1941, e os norte-americanos estavam em alerta, aguardando um novo ataque.
Mas não havia somente o receio de um ataque japonês pela costa do Pacífico. A população tinha também extremo temor de extra-terrestres. Fazia menos de quatro anos que o cineasta e ator Orson Welles transmitira na rádio da CBS — em outubro de 1938 — uma adaptação de A Guerra dos Mundos, obra de ficção científica de H.G. Wells, escrita em 1898. Welles colocou ruídos estranhos seguidos de sua voz, empostada e calculadamente amendrontada, narrando uma invasão de Marte a nosso planeta. Eles, os marcianos, estariam em batalha com a polícia em Grovers Hill, local próximo a Nova Iorque. Welles anunciou um número incerto de mortes. Em Nova York, quartéis dos bombeiros, postos policiais, hospitais e redações de jornais foram invadidos por multidões. As pessoas estavam apavoradas. O rádio exercia grande influência na população e todos acreditaram na invasão por visitantes hostis, talvez verdes. Várias pessoas se jogaram de janelas, mas também foram explorados outros gêneros de suicídios. Outras, simplesmente saíram histéricas pelas ruas. Para piorar, Welles pôs no ar uma declaração fictícia do secretário do Interior sugerindo que as pessoas deveriam sacrificar suas próprias existências a fim de fazer prevalecer a vida humana na Terra. Passados alguns minutos, Welles retornou anunciando que os monstros estavam próximos de Nova York.
Menos de quatro anos depois, em Los Angeles, o rádio nem precisou divulgar o fato. Bastaram algumas luzes no céu e 100.000 pessoas foram às ruas e 1400 mísseis antiaéreos do exército americano foram disparados. Nada foi atingido.
image
A Batalha
Quem não estava na rua foi acordado pelas sirenes e disparos. Toda a força bélica e os milhares de soldados envolvidos foram inúteis, tudo o que caiu do céu foi aquilo que foi lançado aos ares pela defesa norte-americana. Além dos três mortos, vários automóveis e residências foram danificadas por estilhaços. As autoridades militares não sabiam o que informar à população. As declarações eram bem mais conflitantes do que as da dupla Welles-Wells. Dias depois, não havia mais estimativas confiáveis sobre o número de objetos vistos no céu. Algumas pessoas diziam que era um único objeto que voava a 300 Km por hora. Outros afirmaram que eram vários objetos luminosos. Houve quem afirmasse ter visto esquadrilhas com objetos de tamanhos variados. Tornou-se impossível separar os relatos verídicos das afirmações embaladas pela histeria daqueles dias. Então os militares passaram a negar o ocorrido. Impossível. Sob a a expectativa geral, o então secretário da Marinha, Frank Knox, convocou uma coletiva de imprensa onde afirmou que tudo fora causado por um alarme falso, certamente fruto da tensão da guerra, contudo…
image
no editorial do Long Beach Independent, estampava-se a desconfiança: “Existe uma misteriosa reticência envolvendo o assunto e parece haver alguma censura que está tentando impedir as discussões sobre o fato”. Então, após inúmeras contradições, os militares afirmaram que se tratava de uma exótica operação japonesa, realizada através de aviões que tinham como base um submarino capaz de transportar um (1) caça (imagem abaixo), e que tinham o objetivo de causar medo e atingir o moral dos EUA durante a guerra. Impossível encerrar a questão deste modo. Foi criada uma ficção de apoio: houvera também um ataque de um submarino em 23 de fevereiro a instalações de armazenamento de óleo nas proximidades de Santa Bárbara (litoral da Califórnia), o que comprovaria a presença japonesa. Mas também isto logo foi negado. Nada justificaria uma ação desta natureza, em território inimigo, sem qualquer tipo de auxílio próximo — o mar de Los Angeles estava lotado de navios americanos — e sem que existisse qualquer “benefício” imediato. Pensou-se também em balões japoneses que trariam cargas explosivas. Só que um balão seria facilmente atingido e nada caiu, nem foi destruído. Onde estavam os destroços?
image
A “explicação”
Hoje, os ufólogos tomaram o caso para si. Se não foram aviões nem balões, certamente foi um foo fighter. Tal termo era utilizado por aviadores durante a Segunda Guerra Mundial para descrever fenômenos aéreos misteriosos, considerados OVNIs por eles. O(s) galhofeiro(s) objeto(s) que se desv(iou)(aram) da artilharia norte-americana, negando-se a cair, teria(m) criado “as políticas de acobertamento” de OVNIs, das quais os ufólogos tanto se ressentem.
image
Entrevistado pelo Sul21, o psiquiatra e psicanalista Cláudio Costa interpreta o fato do ponto de vista comportamental: “A Batalha de Los Angeles é interessantíssima por envolver três mecanismos distintos. Em primeiro lugar, houve o efeito do medo sobre o comportamento da massa — Pearl Harbor tinha acontecido há menos de três meses. A massa obedece as leis do inconsciente, age por impulso, sem lógica ou cronologia, por impulso, sem racionalidade, sem pensar nas consequências e inteiramente contaminada por emoções. A surpresa é que o próprio Exército agiu da mesma forma. Sabe-se que o medo se expressa pela fuga ou pela luta. O povo poderia optar pela fuga descontrolada, mas um exército tinha que lutar, ainda mais que estava fortemente armado. O segundo mecanismo foi a denegação do fato, ou seja, eles não apenas queriam negar que bombardearam um inimigo provavelmente inexistente, mas apagar o acontecido e, principalmente, o que tinham visto. Tentavam fazer valer a lei do ‘não há documento, não houve o fato’, apesar do que todos tinham vivenciado e fotografado. E o terceiro é a criação do mito dos discos voadores, que é a tentativa de explicar algo inexplicável”.
-
leia mais...

O dia em que um OVNI destrói uma frota de jatos sobrenatológicos supersônicos MIG 21

OVNI MIG 21
Em 1975, um objeto misterioso parecia uma bola brilhante, claramente visível, talvez 10 vezes mais brilhante que a estrela mais brilhante do céu. O UFO mudou a cor incessantemente e quando foi abordado por lutadores supersônicos, o objeto DESAPARECIDO. Os MiG super rápidos não conseguiram se aproximar do OVNI, e muito menos recuperar o atraso.
-
Foi em 1975, quando o general Zvonimir Jurjevic comandante da 172a Força Aérea da Jugoslava e Defesa Aérea testemunhou o que ele descreveu como uma nave espacial do outro mundo.
-
Em janeiro de 1975, os pilotos de sua esquadra se encontrariam com um OVNI, cara a cara, pela primeira vez, quando o enigmático objeto voador explodiu no céu, aparecendo na frente dos caças.
-
"O objeto parecia uma bola brilhante, claramente visível, talvez 10 vezes mais brilhante que a estrela mais brilhante naquela época. O OVNI mudou de cor incessantemente: branco, amarelo, vermelho claro, laranja, e assim por diante ", disse Zvonimir Jurjevic durante uma entrevista de imprensa.

-

Misteriosamente, o OVNI apareceu exatamente 50 minutos em um vôo a cada momento sem falhas, de acordo com o general Jurjevic. Durante o mesmo mês, o OVNI apareceu todos os dias, sempre a 50 minutos da decolagem. Os pilotos até atrasaram deliberadamente seu tempo de decolagem, testaram o fenômeno, mas isso não ajudou quando o OVNI apareceu, mais uma vez, 50 minutos após a decolagem.
-
Um dia, mais precisamente em 25 de janeiro de 1975, o general Zvonimir Jurjevic decidiu ir atrás do OVNI.
-
Exatamente 50 minutos após a decolagem, o objeto voador não identificado apareceu sobre os céus da cidade de Cetinje.
image
O MiG-21 de Mikoyan-Gurevich é um avião de combate a jato e interceptor supersônico, projetado pelo Bureau de Design Mikoyan-Gurevich na União Soviética. Crédito de imagem: Sputnik / Y. Krawchuck
Assim que o lutador MiG Jets começou a persegui-lo, o UFO mudou de direção em direção à cidade de Budva e desapareceu no céu.
-
Este OVNI foi repetido por vários dias e Jurjevic comunicou cada incidente a Belgrado.
Um dia, no entanto, o geral surgiu com uma estratégia diferente, para tentar interceptar o UFO de uma vez por todas.
Dois aviões deveriam decolar, e mais dois aviões de combate deveriam seguir mais tarde, mas decolando de um aeródromo diferente que desejava cercar o ofício misterioso. Os pilotos mantiveram silêncio de rádio durante todo o vôo.
Falando para o Sputnik News , o general Jurjevic explicou a Sputnik News: "Eu apenas estabilizei o vôo em algum lugar de Cetinje, quando de repente o objeto passou por cima de Budva e o tenente Machec viu isso acima da Niksic.
"Eu pedi Machec para permanecer no lugar, e tomou um curso paralelo à costa do Adriático, onde eu tentei estabelecer a que distância o objeto era: resultou que era de cerca de 10 quilômetros.
"No entanto, não me permitiu chegar mais perto disso. Eu reduzi a velocidade - a distância era a mesma. Aumentei a velocidade - ainda eram os mesmos dez quilômetros ".
Dois MiG-21 soviéticos supersônicos chegaram de Belgrado, tentando perseguir o objeto voador não identificado, mas sem sorte.
-
Aproximar-se era literalmente impossível.
-
De repente, a embarcação fugiu a 1700 quilômetros por hora; então, do nada, o OVNI apareceu rejeitando os planos perseguidores; Os MiG super rápidos  não conseguiram se aproximar do OVNI, e muito menos apanhá-lo .
-
Curiosamente, como relatado por Sputnik News, a estação de radar na península de Prevlaka não poderia "ver" o objeto, no entanto, quando os dois MiG-21 soviéticos soviéticos chegaram de Belgrado, os radares jugoslavos conseguiram gravar um sinal estranho no céu.
-
O misterioso encontro dos céus da ex-Jugoslávia continua a ser um dos maiores mistérios da ufologia.



Fonte: UFO vs MiG: Ex-Comandante da Força Aérea Compartilhe Bizarre Com Orbe Voador
[mashshare]
leia mais...

Incidente Kinross: o que aconteceu com Felix Moncla?

image
O Incidente de Kinross é um famoso acidente de aviação que muitos acreditam ser uma prova de um encontro extraterrestre. A história se desenrola no final de novembro de 1953 sobre os Grandes Lagos.
-
O Comando de Defesa Aérea foi ativado em 1946 para oferecer aviso aéreo e defesa aérea para as continentais dos Estados Unidos. O plano era estender o poderoso radar terrestre com unidades de alerta e controle no ar.
-
Em pouco tempo, o Comando de Defesa Aérea cresceu de quatro esquadrões de combate para 93 esquadrões ativos de interceptores de combate da Força Aérea, 76 esquadrões de interceptores de combate da Guarda Nacional da Aérea, vários esquadrões de combate naval, esquadrões aéreos de alerta prévio da USAF e USN, esquadrões de radar, esquadrões de treinamento e numerosos unidades de apoio.
-
O primeiro tenente Felix Moncla Jr foi um piloto da Força Aérea dos EUA em trabalho temporário na Base da Força Aérea de Kinross. Ele tinha mais de 1.000 horas de tempo de voo. Seu último voo foi uma interceptação de defesa aérea que foi coordenada pelo Comando de Defesa Aérea.
-
LEIA A MATÉRIA COMPLETA NO LINK ABAIXO:
leia mais...

RELATOS DE APARIÇÕES DE OVNIS QUE PODEM SER VERDADEIROS

As histórias a seguir são consideradas as mais plausíveis por quem estuda a existência de visitantes de outros planetas aqui na Terra. Saiba mais sobre elas e depois nos conte o que você pensa a respeito:
-
1 – O caso da liga de baseball
image
Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
-
Nick Mariana era o responsável pela liga de baseball, na cidade estadunidense de Great Falls, e no dia 15 de agosto de 1950, enquanto estava em seu carro fazendo filmagens aleatórias com uma câmera, percebeu a movimentação de objetos desconhecidos no céu de Montana. O vídeo feito por Mariana foi o primeiro a registrar a aparição de UFOs.
-
As imagens, que mostram dois pontos brilhantes cruzando o céu, foram enviadas à Força Aérea norte-americana para análise, logo depois de terem sido gravadas. Após examinar o filme, os peritos concluíram que os objetos voadores eram, possivelmente, aeronaves, já que dois comandantes afirmaram que estavam voando no horário em que os supostos UFOs foram avistados. O caso, então, foi arquivado.
-
O problema é que Mariana afirmou ter visto as duas aeronaves dos pilotos que estavam sobrevoando o local no mesmo horário do filme. A diferença é que ele não filmou as aeronaves e sim os objetos não identificados. O que deixa esse caso mais intrigante é o fato de que Mariana afirma que quando seu filme foi devolvido, depois da análise, os trechos que mostravam os objetos voadores com mais clareza haviam sido cortados. O caso nunca foi resolvido.
-

2 – Várias testemunhas

image
Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
-
A cidade de Melbourne, na Austrália, presenciou um evento interessante no dia 6 de abril de 1966, quando mais de 200 pessoas presenciaram um disco voador prateado, sobrevoando a cidade, pousando em um celeiro perto de uma escola e, em seguida, indo embora.
-
Nenhuma explicação sobre o assunto foi dada, mesmo com o grande número de pessoas que testemunharam o evento – vários estudantes faziam aula de educação física na escola ao lado do celeiro e muitos deles, ao mesmo tempo, apontaram para o céu, em direção ao objeto prateado. Logo em seguida, mais estudantes saíram de suas salas de aula, curiosos.
-
Todas as pessoas que viram a aeronave estranha afirmaram que ela tinha o tamanho de um carro e que, depois de algum tempo, saiu do celeiro em uma velocidade que aviões não são capazes de atingir, desaparecendo em seguida.
Os aeroportos da região não tinham registros de aviões particulares decolando no horário em que a nave foi vista – a cena toda durou aproximadamente 20 minutos. O problema é que não existem fotografias ou vídeos feitos no dia fatídico e, ainda assim, esse episódio é um dos mais comentados na Austrália.
-

3 – Na França

image
Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
-
A versão francesa da NASA relatou a ocorrência de objetos voadores não identificados em janeiro de 1981, no registro que é considerado o mais bem documentado de todos os tempos.
-
Tudo começou quando o fazendeiro aposentado Renato Nicolai estava cuidando de seu jardim e ouviu, de repente, uma espécie de assobio, acompanhado de uma aeronave esquisita, que, segundo ele, ficou pairada sobre o ar a uma altura de aproximadamente 2 metros por 30 segundos. Então a nave subiu rapidamente em direção ao céu, deixou um rastro de poeira e sumiu. Nicolai presenciou tudo isso a uma distância de 30 metros.
-
O governo francês estudou o caso e encontrou evidências de aquecimento e compressão no solo do local apontado pelo fazendeiro como o escolhido pela nave para se aproximar. Um material preto foi encontrado nessa região, mas ele não era resultante de resíduos de combustão ou óleo e sim de um combustível diferente, com fórmula metálica. O relatório oficial declarou que não se sabe o que houve no local, mas que certamente foi um evento estranho.
-

4 – Força Aérea

image
Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
-
A sede da Força Aérea de Cheyenne, em Wyoming, nos EUA, é alvo de muita especulação a respeito de visitas alienígenas desde 1965. Nesse ano, luzes verdes e vermelhas foram vistas na região, de acordo com depoimentos de moradores. O local foi, então, considerado área de alerta máximo.
-
Em 1976 um acidente na região ficou famoso depois que o oficial Bruce Fenstermacher disse ter visto um objeto voador branco com luzes verdes e vermelhas – a aeronave tinha um formato oval alongado, descrito, à época, pelas testemunhas, como “uma forma de cigarro”.
-
Policiais foram enviados para vasculhar o local, mas o ovni- havia desaparecido dali e ido para outros lugares. Os policiais continuaram perseguindo a nave, que sumia sempre que eles chegavam perto e aparecia em outro lugar, dificultando o trabalho.
-
Depois de mais de duas horas de busca, a nave levantou voo a uma velocidade absurda e rapidamente sumiu no horizonte.
-

5 – A viagem

image
Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
-
Imagine que você está viajando com uma amiga e com o neto dessa amiga, em uma estrada deserta, no Texas. Essa era a situação de três pessoas em 1980, com o detalhe de que a vida delas mudaria bastante depois daquela viagem.
-
No meio da estrada, de repente, os três se depararam com um objeto imenso, brilhante, em formato de diamante, bloqueando a passagem. De tempos em tempos, chamas saíam do lado de baixo do estranho objeto, fazendo com que ele “levitasse” um pouco e depois pousasse novamente, com calma.
-
O objeto emanava muita luz e muito calor e, mesmo assim, as duas amigas desceram do carro para examinar “a coisa” mais de perto. O menino, que tinha apenas sete anos, ficou no carro. Quando as duas voltaram para o veículo, tiveram que usar seus casacos para proteger as mãos antes de abrir as portas do carro, já que as maçanetas estavam muito quentes.
-
O painel do carro, feito de plástico, estava tão mole por causa do calor que foi possível deixar uma marca de mão nele. Os três assistiram o UFO subir e disseram que vários helicópteros militares estavam circulando o objeto estranho e superquente. Um policial local confirmou ter visto os helicópteros na área relatada pelas duas amigas.
-
Os três seguiram viagem e foram observando o UFO seguir em direção contrária até sumir completamente. Eles sofreram sintomas fortes de exposição à radiação e contaminação química, incluindo insolação.
-
O caso foi parar nos tribunais, mas o governo negou trabalhar com materiais radioativos e disse não ter enviado helicópteros para o local descrito pelas mulheres e confirmado anteriormente por um policial. O juiz decidiu a favor do governo norte-americano.
-
FONTE
leia mais...

UFOS: avistamento histórico de Kathleen Maio (Registro)

Este é um caso que fortaleceu a crença popular de que os OVNIs são de origem extraterrestre.
UFOS avistamento histórico de Kathleen Maio
Uma intervenção no programa de rádio Nós, o povo manteve em xeque a milhares de ouvintes nos Estados Unidos, estupefato, ouviu o testemunho sincero de uma mulher que alegou, cara a cara, ter tropeçado em um monstro vindo do espaço ...
-
Eles estavam tão divulgado e casos como este o que favoreceu que será estabelecido no conhecido crença popular de que os UFOs eram de origem extraterrestre . Na noite de 12 de setembro de 1952, milhares de pessoas assistiram a passagem de um estranho objeto voador sobre os céus de West Virginia. I -condado Sutton Braxton vários adolescentes jogando futebol observado um "disco voador" forte luz vermelhaque depois de parar no ar, parecia a descer depois de uma colina próxima, particularmente em Flatwoods. Na corrida, alguns caras foi até onde eles pensaram que ele estava empoleirado o artefato misterioso. Neal Nunley, 14, Ronald Shaver,
-
Teddie Neal, e Tommy Hyer, três de 10 anos de idade, fez-se o grupo de intrépidos exploradores. Ao longo do caminho, eles se juntaram a Sra Kathleen maio, seus dois filhos Eddie e Teddie -de 13 e 14, respectivamente, e Gene Lemon, 17 e guarda nacional, com o seu cão fiel, eles decidiram investigar a empresa juventude.
-
Atrás da colina a presença de um brilho divined . Com bated respiração , o grupo de exploradores liderada por monte. O cão de limão parecia "prenúncio" o que aconteceria, e deixou o lugar em terror. Se esta queda súbita - off para intimidar o moral do grupo, um nevoeiro misterioso, do nada, rapidamente ele tragou .
-
Um mau cheiro e uma súbita sensação de calor precedeu o avistamento de um enorme disco - objeto em forma, avermelhada, brilhando em batidas. Na escuridão da noite artefato que irradiava assustadoramente na névoa. De repente, Limão pensou ter visto algo ao lado de algumas árvores. Depois de sua lanterna, horror apreendeu -los todos .
-
A lanterna fraca descobriu que espreita na escuridão, uma figura observá-los com enormes olhos vermelhos e hipnóticos. Na frente de testemunhas tinha u n ser superior a três metros de altura, com o rosto vermelho e suado, vestido com uma espécie de manto verde escuro com capuz e saia . O "monstro" mudou-se com surpreendente agilidade e parecia a flutuar na grama. Seus penetrantes olhos vermelhos surgiu raios de luz azul. Depois de descrever um movimento circular dirigido UFO. Isso foi demais. Terror apreenderam o grupo e em desordem, eventualmente, acabou exploração.
-
Naquela mesma noite, a polícia tentou para pesquisar a área de provas , mas nenhuma cooperação com os cães, que se recusaram a se mover para o local de pouso supunha, decidido a adiar as suas investigações até o dia seguinte. Com a luz da aurora, as autoridades locais encontraram uma área de grama inexplicavelmente achatado e vários fragmentos de um plástico - como material. Enquanto isso, algumas das testemunhas sofreram diferentes, desconfortos físicas típicas, de acordo com os médicos, a exposição prolongada a gás lacrimogéneo, tais como garganta inchaço e convulsões.
-
Alguns pesquisadores indicam que o humanóide, quando descoberto, derramado sobre testemunhas uma substância oleosa que lhe causou dano físico. Finalmente, um luto Kathleen Maio disse a repórteres que o monstro "tinha um olhar pior do que Frankenstein. Ele não poderia ser humano. "
-
leia mais...

Piloto diz ter visto óvni: Voo entre Governador Valadares e Ipatinga, Brasil

ufoovni Voo entre Governador Valadares e Ipatinga, Brasil
Voo entre Governador Valadares e Ipatinga teria revelado grande objeto, extremamente veloz, subindo ao céu.
-
A Operação Prato é um dos poucos episódios brasileiros legitimamente reconhecidos pela maioria dos pesquisadores e ufólogos. Além dele, o caso do ET de Varginha (1996) e a Noite Oficial dos UFOs no Brasil (1986) são outros registros relevantes no país.
image
Na ufologia, até hoje há o predomínio de três teorias formuladas na década de 50, conforme explica o pesquisador Hélio Amado Rodrigues.
“A hipótese interdimensional acredita que a origem desses fenômenos não necessariamente procede de algum local do espaço à nossa volta, podendo estar coabitando conosco. E há também a visão psicossocial, segundo a qual todos esses fenômenos são psicológicos e antropológicos”, diz.
Porém, a teoria de vida extraterrestre é a mais aceita no Brasil. Quem já viveu alguma experiência nesse sentido não tem a menor dúvida, como é o caso do piloto Toninho Monteiro, 59, com 22 anos de experiência na aviação.
-
Em 2012, ele foi levar um passageiro a Governador Valadares, na região do Rio Doce, e voltou sozinho para Ipatinga, no Vale do Aço. Por volta de 15h30, quando já estava sobrevoando esse município e foi avisar ao controle aéreo, o rádio ficou mudo. “Como o dia estava nublado, aproveitei para tirar fotos da cidade, porque nunca a tinha visto toda encoberta”, lembra.
-
Quando o piloto virou-se para a direita, veio a surpresa. “Vi um clarão entre duas nuvens e um objeto grande. Consegui fotografar duas vezes, mas ele subiu na vertical numa velocidade imensa, e não consegui filmar. Desconheço outra aeronave que voa como aquele objeto”, conta.

-
Segundo Toninho, o objeto tinha o formato de duas tampas de panelas unidas, e, em cima, uma luz muito forte. “Não tinha como o Sol se refletir na aeronave porque ele estava na minha frente. A partir desse dia, percebi e entendi que nós não estamos sozinhos. Achei fascinante”, afirma.

-
A “Revista UFO”, mais antiga publicação sobre discos voadores do mundo, com 35 anos de existência, recebe até 300 imagens por mês, que são submetidas a um grupo de análise com peritos, engenheiros e técnicos especialistas. Cerca de duas ou três das 300 imagens são classificadas como objetos não identificados. As demais são explicadas.
Literatura. Diante de uma bibliografia muito escassa e do grande volume de relatos em que testemunhas afirmam ver desde o tipo clássico de óvni até objetos metamórficos, o presidente da Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU),

-
Thiago Luiz Ticchetti, escreveu dois livros com a tipologia dos UFOs e dos extraterrestres mais comuns.

“A metodologia foi a mesma: eu procurei casos com maior quantidade de informações em detalhes, em que tinha o local do avistamento, a data, o nome das testemunhas e a descrição detalhada do objeto. Pesquisei mais de 1.900 casos, depois cheguei a 771 deles com todas as informações que queria. Daí surgiu a classificação com 40 tipos de objetos (naves)”.

Ticchetti é um dos palestrantes participantes do XX Congresso Brasileiro de Ufologia, que acontece até hoje em Belo Horizonte, simultaneamente ao I Encontro de Ufologia Avançada de Minas Gerais.
- Fonte
leia mais...

Fatos reais que você talvez não saiba sobre OVNIs

Fatos reais que você talvez não saiba sobre OVNIs
Desde o inicio da ufologia moderna, os objetos conhecidos como OVNIs deixaram grandes marcas na historia, que vão desde misteriosos desaparecimentos até assassinatos. 

Se você esta curioso para saber, conheça então 18 curiosidades documentadas sobre OVNIs. 

1) O capitão Thomas Mantell, um piloto de 25 anos da Guarda Nacional do Kentucky, morreu em 7 de janeiro de 1948 em um acidente de avião. O que teria isso de curioso? Quando aconteceu isso ele estava perseguindo um suposto OVNI. Por ser um piloto experiente que voou na Segunda Guerra Mundial, as circunstâncias de seu acidente são ainda uma incógnita entre os ufólogos.

2) Entre 1947 e 1969, cerca de 12.618 avistamentos de OVNIs foram reportados ao Projeto Blue Book (Livro Azul), uma agência de pesquisa de OVNI que tinha sede na Base da Força Aérea“Wright Patterson”. Ainda hoje, 701 desses avistamentos investigados permanecem como “sem explicação”.

3) A força aérea do Peru reabriu recentemente um escritório que havia fechado, e que era responsável por investigar OVNIs. O fato aconteceu devido a um aumento de relatórios de avistamentos de fenômenos aéreos anômalos. O Departamento de Investigação dos Fenômenos Aéreos Anômalos (DIFAA), foi criado em 2001, ficando inativo por cinco anos até agora.

4) A Sociedade Aetherius é provavelmente a religião UFO mais conhecida e organizada do mundo. Foi fundado por George King em 1954. King afirmou ter recebido uma ordem de fontes interplanetárias para se tornar a “Voz do Parlamento Interplanetário”.

5) De acordo com o instituto de pesquisas Gallup, mais de 90% do público americano admite saber sobre o tema dos OVNIs. Na verdade, na mesma pesquisa mais pessoas conheciam o termo “OVNI” do que lembravam o nome de “Gerald Ford” um dos presidentes dos EUA.

6) Em 1948, a Força Aérea Americana iniciou o Projeto Sign, uma agência de investigação sobre OVNIs. No espaço de um ano a agência foi sucedida pelo Projeto Grudge que em 1952, foi substituído pelo mais longo dos inquéritos oficiais de UFOs, o Projeto Blue Book que durou de 1952 a 1969. O Projeto Blue Book reuniu mais de 12.000 relatórios de avistamentos. Cerca de 6% destes 12.000 avistamentos, ainda permanecem sem solução.

7) As primeiras fotografias de um suposto OVNI foram tiradas em 1883 pelo astrônomo José Bonilla, em Zacatecas, no México.

8) Uma pesquisa da Roper de 1991 mostra que mais de 4 milhões de pessoas no mundo acreditam terem sido abduzidas por alienígenas.

9) “Foo Fighters” ou algo como “bolas de fogo voadoras” em português, era o termo usado pelos pilotos de aeronaves aliadas, na Segunda Guerra Mundial, para descrever os diferentes tipos de avistamentos de OVNIs ou fenômenos aéreos misteriosos.

10) Em 23 de novembro de 1953, o primeiro tenente Felix Eugene Moncla, foi enviado para interceptar um objeto voador não identificado sobre Sault Ste. Marie, Michigan. Depois de se aproximar do objeto, o avião de Moncla desapareceu da tela do radar e nunca mais foi encontrado.

11) Em 16 de novembro de 1986, um avião jumbo de carga, da Japan Air Lines reportou três objetos não identificados enquanto voava sobre o Alasca. O piloto, Kenji Terauchi, informou que viu duas luzes que não mediam mais de 8 metros de diâmetro. Ele disse que uma terceira luz maior também era visível.

12) De acordo com registros secretos divulgados em 5 de agosto de 2010, o famoso primeiro-ministro britânico, Winston Churchill, não permitiu que um relatório de um suposto incidente comOVNIs envolvendo um avião da RAF (Real Força Aérea) durante a Segunda Guerra Mundial fosse divulgado, porque segundo ele, poderia criar pânico em massa.

13) Milhares de documentos divulgados pelo Freedom of Information Act (uma lei de liberdade de informação americana) revelam que as agências dos EUA, coletaram e ainda coletam informações sobre OVNIs. Essas agências incluem a Agência de Inteligência da Defesa (DIA), FBI, CIA, NSA e agências militares do Exército, da Marinha e da Força Aérea. Outro fato curioso é que essas agencias sempre disseram não ter interesse, ou gastar seus subsídios com o assuntoOVNI.

14) Houve uma observação em massa de OVNIs sobre Nuremberg, Alemanha em 1561. O acontecimento recebeu o nome “Batalha dos OVNIs” pelos ufólogos atuais, já que o termo OVNIsó seria inventado quase 500 anos depois. Segundo jornais da época, objetos em vários formatos se enfrentaram no céu por uma hora, e como era de se esperar todos acreditaram que seria algo divino ou o fim do mundo. Milhares de pessoas presenciaram o evento.

15) Em 15 de agosto de 2013, a CIA finalmente reconheceu a existência da Área 51. Esta área e seus arredores estão estritamente fora de limites para  acesso público. De acordo com alguns vídeos, fotos e depoimentos vazados do local, aliens vivos e mortos como também suas naves estariam lá. Mas o governo ainda nega essas afirmações.

16) Três dias após o inicio da Missão Apollo 11, a equipe de bordo relatou um interessante objeto voador não identificado, não muito longe de onde estavam. Por fim eles aceitaram que era uma parte do foguete SIV-B desengatado. A NASA porem nunca explicou o que realmente os pilotos viram.

17) Em 2009, o Ministério da Defesa Inglês fechou a sua Unidade de Investigação sobre UFOs, uma força especial que durante 50 anos reuniu relatórios de todos os avistamentos de OVNIsacontecidos no Reino Unido. Os relatórios coletados agora podem ser visualizados online ou através de um aplicativo.

18) Você conhece o protocolo oficial quando se faz contato com seres extraterrestres? (acredite ou não, ele  existe e é tipo uma lei).

De acordo com o instituto de Pesquisa de Inteligência Extraterrestre (SETI), se você entrar em contato com um alienígena, a primeira coisa que você deve fazer é verificar se é real (Dããã). Uma vez confirmado, você deve entrar em contato com outros países que se inscreveram no SETI e alertar os astrônomos de forma on-line e através das mídias existentes.

Após isso você deve aguardar a resposta do SETI. Enquanto isso as Nações Unidas devem se decidir, se vamos responder e qual será a resposta. A mensagem deve ser em nome de toda a humanidade, não apenas de uma pessoa, nação ou grupo e deve ser publicada antes da transmissão. Finalmente, uma comissão deve ser estabelecida no caso de uma resposta dos aliens demorar muito.
-
Fontes: Varias
leia mais...

Caso Westendorff Brasil: OVNI em forma de pirâmide (Arquivo)

Resultado de imagem para Caso Westendorff Brasil
Haroldo Westendorff, empresário gaúcho, administrava uma empresa de beneficiamento de arroz, uma transportadora e uma fábrica de rações. Nas horas de folga costumava pilotar o seu próprio avião monomotor Tupi. Foi num desses momentos de lazer que o empresário viveu uma experiência intrigante. 
ufo piramide1


-


Às nove horas, logo depois de tomar o café da manhã, ele decolou do aeroporto de Pelotas para mais um passeio. Às 10h15, quando sobrevoava a ilha de Saragonha, na Lagoa dos Patos, a cerca de 15 quilômetros do aeroporto, Westendorff deparou-se com um imenso objeto aéreo não identificado. 
-
O susto foi enorme. Até a gagueira de infância voltou a afetar-lhe por alguns segundos. Recuperada a fala, o empresário conseguiu levar o monomotor a até muito próximo do objeto, onde permaneceu por mais de dez minutos. 


-


Piloto desde os anos 70, Haroldo afirma que o objeto tinha uma base do tamanho de um estádio de futebol, com cerca de 100 metros de diâmetro, e de 50 a 60 metros de altura. Diz ainda que tinha a forma de um cone, com os vértices arredondados. Por 12 minutos, o empresário permaneceu voando ao redor do OVNI, a uma distância de aproximadamente 100 metros. 
-
Deu três voltas ao redor da nave e pôde observar seus detalhes. Era feita de algo parecido com metal, com a parte inferior lisa e oito vértices, que tinham cada um três saliências, como bolhas. A nave girava em torno de si própria e se deslocava em direção ao mar. Durante o tempo em que a testemunha permaneceu ao redor do OVNI não percebeu nenhum movimento da nave que pudesse indicar uma reação hostil. 
-
De repente, a parte superior do OVNI se abriu, bem na ponta, e dali saiu um disco voador na vertical, que em seguida se inclinou 45 graus e disparou para cima numa velocidade impressionante. Assustado, Haroldo se afastou da nave. Nesse momento, aquele objeto enorme subiu na vertical, numa velocidade fora do comum, sem fazer vento, sem ruído de explosão e sem nenhuma reação física. 


-


O fato, ocorrido na manhã de 5 de outubro, impressiona não só pela riqueza dos detalhes descritos por um piloto com mais de 20 anos de experiência como pelo número e qualificação das testemunhas que asseguram ter avistado a mesma nave. 


-


Westendorff, durante a segunda volta ao redor da nave, usou o rádio do avião para informar a sala de controle da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), do aeroporto de Pelotas, sobre o que estava ocorrendo. 
-
Perguntou ao operador da Infraero, Airton Mendes da Silva, o que ele via no setor Leste na direção da pista 15/33. "Olhei para fora e vi no horizonte um objeto, na forma de um triângulo acinzentado, com as bordas arredondadas", conta o operador. Estavam com ele os auxiliares de serviços portuários Gilberto Martins dos Santos e Jorge Renato S. Dutra, que tentaram juntos identificar o objeto voador. 





image 




Westendorff também se comunicou com o Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta II), em Curitiba, no Paraná, responsável por vigiar os céus do Sul do Brasil. A resposta recebida foi a de que não havia nenhum registro anormal nos radares, embora pudessem detectar a presença do monomotor. 


-


O Ministério da Aeronáutica mantém uma investigação sigilosa sobre a nave avistada por Westendorff. Um sargento da Base Aérea de Canoas viajou a Pelotas para colher o depoimento do empresário e de funcionários da Infraero. 
-
O sargento pede para não ser identificado, mas passou uma tarde no aeroclube de Pelotas, ouviu os relatos e tomou conhecimento de um "desenho falado" de todo o episódio. 





image


This image has been resized to fit in the page. Click to enlarge.


Sem dúvida, o Caso Westendorff é um dos relatos ufológicos com mais precisão de detalhes. Será que a testemunha viu mesmo uma nave? E será que esta nave tinha procedência extraterrestre?



Aqui um documentário sobre o caso: 










Descrição dos videos:




Piloto brasileiro Haroldo Westendorf, 39, estava voando sobre Pelotas, quando ele encontrou uma enorme pirâmide ou cone OVNI em forma, com 8-10 lados, era de 100 metros de diâmetro e 70 metros de altura. Westendorf foi capaz de voar ao redor da base do objeto três vezes, em um ponto que vem tão perto quanto 40 metros. Então, a partir de uma abertura na parte superior da embarcação, um pequeno clássico em forma de disco UFO surgiu e voou a uma velocidade tremenda. Três controladores de tráfego aéreo e outras pessoas no terreno também presenciou o evento.




"Se não existe vida fora da terra, então o Universo é um grande desperdício de espaço" - Carl Sagan

leia mais...

Os Extraterrestres Estão Entre Nós!

ELES ESTAÃO ENTRE NOS
Esse tema sempre foi muito polêmico e cheio de mistérios, afinal existem ou não extraterrestres? Alguns dizem que eles estão entre nós.
-
Outros que eles nos enviaram para terra. Alguns inclusive que eles vivem dentro de nós! Separamos alguns casos recentes que ocorreram e mostram a evolução sobre o assunto na mídia e nos setores conservadores da sociedade.
-


PUBLICIDADE DO CANAL YOUTUBE, AJUDE-NOS VISITE! - -
leia mais...

Toda a verdade sobre o incidente do UFO em Coyame vem à Tona

Coyame UFO 04
Definitivamente, há algo muito estranho por trás dos sucessivos eventos de vôos perdidos, sem deixar vestígios e nenhum motivo aparente, como aconteceu com as companhias aéreas MH370 Malaysia há mais de três anos.
-
No entanto, este tipo de eventos não são novos, apenas devido à irrupção de mídias alternativas e redes sociais, torna-se cada vez mais difícil para as autoridades escondê-los, como fizeram no passado com muitos outros casos, por exemplo, o emblemático Coyame Incidente de OVNI que recentemente descobriu toda a verdade.
Coyame UFO 00
-
História real dos fatos relacionados ao incidente do Coyame UFO Uma manhã, em abril de 1974 , o comandante da estação militar Wright-Patterson, EUA, conseguiu capturar uma imagem impressionante no monitor do radar.
-
Era um objeto voador não identificado movendo-se sobre uma área do deserto, perto do Golfo do México, em direção à cidade de Coyame com uma velocidade de aproximadamente 4000 km por hora . Imediatamente depois, o oficial percebeu que, na mesma trajetória do OVNI, na direção oposta, um pequeno avião civil foi deslocado, o que, sem dúvida, iria colidir com o estranho objeto voador, que evidentemente era de origem extraterrestre .
Coyame UFO 01
-
O oficial procedeu a denunciar a notícia aos seus superiores, que tomaram uma decisão nefasta. O acidente disfarçado Quando funcionários da base central de Ohio, na cidade de Colombo, receberam esse relatório, eles imediatamente ativaram uma operação sem precedentes em conjunto com os esquadrões de elite dos Estados da Fronteira com o México, mas não para evitar o acidente de avião, mas com o objetivo de promover a ocorrência da Mesmo por omissão, depois recuperar os restos do navio alienígena .
-
Eles poderiam facilmente ter estabelecido uma comunicação com a equipe do avião para desviar sua trajetória, de modo que não impactou de frente com o OVNI, mas eles preferiram deixar que a colisão fatídica ocorresse de que nenhum sobrevivente acabou, para aproveitar Oportunidade de obter um navio alienígena e os restos da sua tripulação .
Coyame UFO 02
-
Anuncios Algo inesperado pode danificar a operação Na verdade, tudo correu como planejado para os perversos funcionários dos EUA, ambos os aviões colidiram e as forças armadas dos EUA foram as primeiras a chegar com o pretexto de fornecer ajuda humanitária internacional, no entanto, aconteceu algo que fora deixado fora dos cálculos premeditados do americano Militar, que pode muito bem ter danificado a operação.
-
Por um lado, quando as autoridades americanas chegaram abruptamente e sem convite à cena, o que é normal neste tipo de casos, funcionários locais também foram enviados para o site, que pode ter sido um problema para o objetivo central dos americanos que foi Para aproveitar o OVNI , sem que ninguém o perceba e sem ter que fornecer explicações ou realizar qualquer processo legal ou diplomático.  
Coyame UFO 03
-
Nesse sentido, as autoridades mexicanas que estavam a bordo da primeira patrulha para chegar ao local do acidente foram facilmente neutralizadas e aniquiladas pelos militares dos EUA , e quando o resto chegou, era muito tarde, apenas os quatro policiais foram encontrados mortos no interior de O veículo rústico tipo Jeep e o avião, mas não havia vestígios dos americanos ou do OVNI que causaram o acidente.
-
O que parecia ser um plano perfeito revelou-se mais falho do que o esperado, uma vez que os funcionários dos EUA não conheciam a geografia local, então, embora eles apenas vejam o deserto em torno deles, a verdade é que muito perto de onde ocorreu o incidente, há o Pequena cidade de Coyame , e a maioria de seus habitantes podia ver como os helicópteros com bandeira dos Estados Unidos enganchavam o estranho navio alienígena e o levaram. Quando foram descobertos pelos testemunhos da população de Coyame, as autoridades dos EUA tinha apenas a opção de cobrir o incidente UFO -se e ordenando o governo lacaio do México para negar a ocorrência do acidente catastrófico.
-
A polícia registra e desaparece qualquer evidência desse fato. É incrível que, atualmente, disponha de tecnologia tão avançada para localizar qualquer objeto no planeta, com o GPS e além de estabelecer uma comunicação por satélite a qualquer distância, as aeronaves ainda estão desaparecendo sem explicação , obviamente as elites mundiais estão cobrindo informações sensíveis com tudo isso, o que Provavelmente está relacionado a incidentes de OVNI, como o Coyame. É hora de o mundo estar ciente dessa realidade; Portanto, contamos com você para a divulgação deste artigo em todas as suas redes sociais.
-
leia mais...

Provas de Existência OVNI UFO - Tecnologia Alienígena Caída na Terra

TECNOLOGIA EXTRATERRESTRE
As maiores invenções dos séculos XX e XXI podem ser produto da tecnologia alienígena de engenharia reversa. Os arquivos da MUFON ligam o crescimento tecnológico da humanidade a materiais supostamente recuperados de acidentes de óvnis.
-
-
VISITE A LISTA DE CASOS QUE OCORRERAM
http://feeds.feedburner.com/CuoUfologiaOriginais
leia mais...

UFO gigantesco abastecendo com energia do Sol (Não houve explicação)

OVNI no Sol
O Solar Dynamics Observatory telescópio espacial capturou um objeto do tamanho de Júpiter grande perto do sol.

O objeto voador não identificado, a imagem perturbadora, mostrada pela NASA, revela um campo de sucção ligando uma imensa esfera no incandescente campo solar.


Revelado ao mundo, graças a um vídeo postado no You Tube em 11 de março, causou frisson na rede. 

O objeto parece estar ligado ao Sol através de uma série de filamentos.


Este objeto está se aproximando do sol e então lentamente começa a tomar fios de energia, como se estivesse alimentando-o, que durou cerca de 3 dias, deixando uma turbulência gigante.

Ficou visível por 80 horas, entre 9 a 12 de Março, quando desapareceu, deixando para trás uma série de erupções e tempestades solar.


DESCRIÇÃO DO VÍDEO:

"Objetos estranhos foram gravadas por câmeras da NASA em torno do sol. Esses objetos podem ser tudo, de planetas, asteroides ou satélites, mas outros não pode ser explicado pela ciência. Esses UFOs são aqueles que expõem o vídeo programa, alguns tão grandes quanto 6 vezes a terra do planeta e outra alterando o sol para criar assim - chamados de tempestades solares". O que esses objetos ser? 


Arranjo: Jhero

TAGS MARCADORES:


leia mais...

Caso Valensole,


A testemunha foi um agricultor que, segundo os pesquisadores do caso, seria incapaz de inventar tamanha história.
Naquela manhã, o camponês estava na sua própria propriedade realizando trabalhos rotineiros. Às seis da manhã resolveu fazer uma pequena pausa para descansar. Subitamente escutou um silvo breve e seco. Fez uma busca rápida com os olhos pelas proximidades mas nada de estranho encontrou. Intrigado, resolveu fazer uma varredura rigorosa indo até a direção de onde tinha ouvido o estranho ruído.
Chegou bem próximo a um monte de pedras e, quando conseguiu olhar atrás delas, ficou intrigado com o que viu: era um objeto semelhante a uma bola comum, do tamanho de um automóvel Dauphine.
Curioso, continuou andando na direção do estranho objeto. Observou que junto ao artefato havia duas figuras desconhecidas. Pareciam duas crianças. O agricultor se aproximou mais dez metros. Agora podia notar que dois seres estavam agachados. Um de costas e outro de frente olhando para uma das plantas de alfazema.
Ainda mais intrigado, o camponês se aproximou mais um ou dois metros. Foi quando um dos seres, aquele que estava de frente, o viu. Pareceu assustado e ambos se ergueram prontamente. Aquele que estava de costas, ergueu algum objeto pequeno com a mão direita e o apontou em direção à testemunha. A partir deste momento, uma paralisia total tomou conta do corpo do camponês. Podia ver, sentir, escutar, mas não conseguia mover sequer um dedo.
O estranho ser guardou o objeto na cintura e começou a discutir com o companheiro. A testemunha conta que pôde assim observá-los melhor. Eram pequenos de pouco mais de um metro de altura. Suas cabeças eram grandes, vestiam macacão azul-escuro e, na cintura, portavam objetos semelhantes a estojos. Tinham a pele lisa e um pouco branca. Não tinham pálpebras mas seus olhos eram idênticos aos nossos. Entretanto as bocas não passavam de um rabisco e pareciam não ter pescoço. Não tinham nem cabelos e nem pêlos aparentes.
Durante alguns minutos os seres se comunicaram entre si emitindo sons desconhecidos para o agricultor. Mesmo não podendo realizar qualquer tipo de movimento, o camponês conta em seus relatos que não sentiu medo e que os seres lhe passavam sensação de tranqüilidade.
Então os dois estranhos visitantes subiram no artefato por uma espécie de escada que se recolheu, em seguida, como uma porta de uma escrivaninha. A enorme bola tinha em seu superior uma cúpula transparente por onde o agricultor pôde ver por alguns instantes os dois seres se ajeitando em seus devidos lugares.
O objeto começou a subir até cerca de um metro do solo e voou indo em direção à algumas colinas. Percorrido cerca de trinta metros, o misterioso aparelho acelerou bruscamente sumindo em questão de segundos. A testemunha ainda ficou paralisada por dez a quinze minutos, tempo que não sabe ao certo estimar. Depois recuperou totalmente os sentidos.
Referências: Arquivo UFO, 1998.

#CASOSREAIS
leia mais...
 
Copyright © 2014 UFOLOGIA ORIGINAIS • All Rights Reserved.
Template Design by ORIGINAIS OADM • Powered by Blogger
back to top